terça-feira, 23 de novembro de 2010

Poema sem Título

Ela é tão importante para mim
Logo quando a vi eu me apaixonei
Gostei tanto dela, mas não consigo ação alguma
Amor gigante, covardia idem

Amor tamanho que eu mal consigo lidar
Intenso em cada célula do meu corpo
Sinos tocam, sei que é a hora
Hoje irei fazer algo para mudar
Intenso sentimento que eu mal me movo
Tenho que combater a mim mesmo
Eu não sei se vou conseguir
Reflito e estou pronto para agir
Utopia, eu sei que ainda sou um covarde


2 comentários:

  1. legalzinho o texto

    mas parece que faltou um "gás"

    ResponderExcluir
  2. me identifiquei muito haha
    você deveria postar mais textos seus (:

    ResponderExcluir